Debate

Montagem discute os comportamentos regidos pela conveniência

Leitura dramática foi apresentada pela Troupe Parabolandos

A Troupe Parabolandos recorreu à obra de Bertold Brecht para levar ao palco do Espaço “Suzano é Mais Cultura” (rua Batista Renzi, 49, Jardim São Luiz) o debate acerca das pessoas que preferem agir na conveniência do que tomar partido sobre uma determinada situação.

A encenação da leitura dramática “Quanto custa o ferro?”, realizada na noite desta quarta-feira (27 de junho) serviu de inspiração para o debate “O teatro como ferramenta política”.

O objetivo foi refletir sobre como a arte pode transformar essa realidade em que as pessoas estão cada vez mais acomodadas e passivas ao que acontece ao seu redor. Como consequência deste comportamento, a coerência acaba sendo deixada de lado e muitas atitudes tomadas são, na verdade, fruto da comodidade.

 

Deixe uma resposta

Copyright 2012 .: Walmir Cultura :. | Todos os direitos reservados