Dicas Culturais

Tom Zé faz show único no CCSP

Em 1984, Tom Zé apresentou “Indiretas After”, show inspirado no movimento da campanha das Diretas Já, que lutava por eleições presidenciais diretas no Brasil, após 20 anos de ditadura militar. Trinta anos depois, o cantor volta aos palcos do Centro Cultural São Paulo (CCSP), no dia 12, para uma apresentação especial temática sobre os 50 anos do Golpe.

“Aquele era um tempo de uma expectativa de alegria”, conta Tom Zé sobre o período de abertura política. Na ocasião, foram apresentadas músicas como “Politicar” e “Classe operária”, que haviam sido censuradas pelos militares. Além delas, o repertório contou com canções do polêmico álbum “Todos os olhos”, de 1973, que estampava na capa uma bola de gude em um ânus, de maneira que parecesse um olho. Idealizada pelo poeta Décio Pignatari, a capa passou despercebida pelas autoridades.

Na apresentação do CCSP, o compositor traz, além dos clássicos daquele período, canções novas, tanto sobre aquele tempo como sobre o momento presente. “Relembrar o golpe militar não se liga, de maneira nenhuma, absolutamente, a uma comemoração. O fato é que é muito conveniente repercutir no coração das pessoas a consciência de que é preciso estar prevenido e converter essa consciência num precioso cuidado”, completa Tom Zé.

O show integra a programação do projeto O Imaginário dos 50 Anos do Golpe, do CCSP, e tem parceria da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania.

Serviço: | Centro Cultural São Paulo – Sala Adoniran Barbosa. Rua Vergueiro, 1.000, Paraíso. Próximo da estação Vergueiro do Metrô. Centro. | Tel. 3397-4001 | Dia 12, 19h (retirar ingresso, até dois por pessoa, a partir do dia 9, entre 14h e 20h)

Fonte: Secretaria Municipal de Cultura de SP

Deixe uma resposta

Copyright 2012 .: Walmir Cultura :. | Todos os direitos reservados